top of page

Você sabe o que é uma casa sustentável?



O termo casa sustentável está em alta e muita gente busca opções imobiliárias neste sentido, ainda que para alguns, este tema seja um caminho desconhecido e cercado de mitos. Mas afinal de contas, o que é uma casa sustentável?

De forma bem superficial, podemos definir uma casa sustentável como uma construção que convive de maneira harmoniosa com o meio ambiente e oferece aos seus habitantes conforto e segurança. De certa forma esta afirmação não está errada, porém muitos podem pensar que diversos projetos de décadas passadas já buscavam este modelo e nem por isso ganhavam esta chancela.

Acontece que com o passar dos tempos e a inclusão de novas tecnologias, chegou-se à conclusão de que não basta inserir uma construção em um espaço cercado de área verde para que possamos classificar esta obra como sustentável. É exatamente neste ponto que o jogo vira e se torna ainda mais interessante do ponto de vista da SUSTENTABILIDADE.

Para ganhar este selo de qualidade, o projeto precisa seguir algumas condições básicas para garantir a sua certificação. Dentre essas certificações podemos destacar a de Liderança em Energia e Design Ambiental, cedida pela Green Building Council, e a AQUA-HQE, criada pela entidade francesa Démarche HQE, que são os documentos reconhecidos internacionalmente e que hoje também são muito buscados no país como referências. Ainda assim, outras certificações brasileiras também são muito valorizadas e cada vez mais são usadas como parâmetro, como o Selo Casa Azul, concedido pela Caixa Econômica Federal e o Selo Procel, emitido pela entidade de mesmo nome que garante a eficácia energética dos projetos.

MAS AFINAL, QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DE UMA CASA SUSTENTÁVEL?

Vivemos em um país privilegiado na maior parte do seu território quando o assunto é sol e calor. Sendo assim, por que não usar tais características a nosso favor? Um bom projeto de casa sustentável, certamente saberá jogar com este fato quando estiver planejando a iluminação interna deste imóvel. Por exemplo, se a maior incidência de luz se dá em um determinado horário, por que não planejar janelas e vitrais voltados neste sentido, permitindo assim que estes ambientes recebam iluminação natural por um espaço de tempo maior? Para o aquecimento de água já contamos também com muitos equipamentos abastecidos por iluminação solar eficazes e que podem até gerar consideráveis lucros para aqueles que investem neste caminho.

Ainda que o sol seja um importante aliado, sabemos que para que tenhamos uma vida confortável, ainda necessitamos buscar fontes de iluminação artificial para áreas internas das casas. Porém, na hora de optar, vale a pena buscar equipamentos que tenham um rendimento eficaz e com um consumo de menor impacto. A opção por lâmpadas fluorescentes ou de LED podem representar um quarto a menos de energia desprendida se comparadas com os tradicionais modelos incandescentes.

Os detalhes de uma casa sustentável não se limitam aos seus ambientes internos. Essa preocupação vem desde os espaços externos, para que nenhum morador perca o seu conforto e o prazer de estar em uma casa aconchegante. Se recorda que anteriormente dissemos que no Brasil o sol é um personagem marcante em grande parte de nosso território? Pois bem, se ele é um aliado vital para a iluminação e geração de energia, pode também se transformar em um dificultador no quesito temperatura interna. Mas até nisso, as construções sustentáveis já disponibilizam soluções muito eficazes. Os chamados telhados verdes, além de se tornarem uma interessante decoração do imóvel, também são capazes de reduzirem a sensação de calor, criando uma opção muito interessante para quem está disposto a conviver em total harmonia com a natureza.

Algumas práticas do dia a dia desta casa também contribuem de forma positiva para que a sustentabilidade seja algo que entre na rotina desses ambientes. Por mais que possa parecer um detalhe insignificante para os menos atentos, a opção de irrigação noturna de plantas e jardins pode representar uma importante redução no consumo de água, já que a noite a evaporação é consideravelmente menor. Além disso, a seleção do lixo orgânico e material reciclável também devem estar na lista de prioridades desses projetos.

Como se pode notar, cada detalhe se transforma em uma importante ferramenta a favor deste conceito de casa sustentável, que traz benefícios não apenas para seus moradores, mas também para o meio ambiente, que agradece por esta consciência que ganha cada vez mais valorização no mercado imobiliário.



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page