top of page

Como transformar seu projeto sustentável em um excelente investimento


O conceito de sustentabilidade ganha cada vez mais espaço em projetos das mais diversas áreas e na construção civil não poderia ser diferente. Hoje em dia os planos arquitetônicos carregam em suas bases a preocupação de tornar as obras menos invasivas e em harmonia com o que a natureza levou séculos para construir.

Ainda que atualmente a grande maioria entenda que ter este tema como prioridade é de suma importância, profissionais do ramo apontam outros motivos para qualificar o seu projeto de acordo com o que há de mais moderno quando o assunto é sustentabilidade.

O principal argumento para os que ainda tinham alguma resistência a entrar de vez no mundo sustentável, que seria o aspecto financeiro, torna-se cada vez menos em uso, já que tais projetos garantem um retorno rápido para quem decide priorizar esta modalidade em seu dia a dia. Dizer que a necessidade de altos investimentos o impedem de colocar em prática tais projetos já não podem ser usados nem em grandes condomínios, muito menos em construções de casas ou sítios.

Com um pouco de criatividade e a consultoria de profissionais especializados no ramo, é possível obter significativos ganhos a médio prazo, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

A aposta em energia solar no Brasil é uma tendência crescente e, até aos olhos de leigos, um caminho natural para um país conhecido mundialmente como um dos mais beneficiados neste sentido. De acordo com dados da Absolar, o investimento neste tipo de projeto pode representar uma economia de até 95% dos gastos mensais com energia elétrica e que o retorno médio do investimento inicial é de menos de 6 anos. Ainda de acordo com dados da entidade, pessoas que gastavam em torno de três mil reais, passaram a pagar apenas R$ 60 em média depois da instalação dos equipamentos.

Os recursos hídricos também são importantes elementos neste sentido. Ao seguir as indicações de profissionais especializados, é possível reduzir significativamente os custos mensais de seu projeto e ainda beneficiar a natureza.

As recomendações mais utilizadas e de simples implementação nesta área são as cisternas preparadas para a captação de água da chuva. Segundo os arquitetos especializados, tais sistemas são capazes de protagonizarem um papel muito importante e eficaz na rotina das casas sustentáveis. Ainda segundo esses profissionais, as áreas comuns, como jardins e estacionamentos, podem se beneficiar deste reuso e indicar uma importante redução no consumo de água tratada. Neste caso, o retorno do investimento é muito rápido e também é uma importante medida ecológica.

Por falar em jardins, os mesmos além de valorizarem a estética dos empreendimentos podem trazer benefícios importantes para quem planeja a sua utilização. Quando implementado de maneira correta e com espécies indicadas para cada ambiente, esses projetos podem gerar mais conforto e bem-estar, já que são capazes de diminuir a sensação de calor.

Com um bom planejamento, também é possível desenvolver pomares que podem servir no abastecimento familiar ou até mesmo gerar retorno financeiro, caso este seja a ideia daqueles que estão criando um projeto neste sentido.

Como pode-se ver, não há limites nem barreiras para o desenvolvimento de projetos sustentáveis. Porém, a única recomendação que todas as entidades do segmento são unânimes em garantir é a de que um profissional especializado deva ser procurado para a orientação dos proprietários.

No Bosque das Mangueiras, os futuros moradores, caso tenham interesse, podem contar com a consultoria dos mais conceituados arquitetos deste ramo, que atuam como parceiros da Laer Engenharia e do consultor internacional em agroecologia e agricultura orgânica, Fábio Ramos, que lidera a empresa Agrosuisse.

Para mais informações, consulte um de nossos corretores licenciados através do email vendas@bosquedasmangueiras.net ou do telefone (24) 99295-3751


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page